Logística na Prática - Operação de Veículos Industriais

A utilização de veículos industriais é fundamental para assegurar a eficácia de um armazém. Preferencialmente, devemos reduzir ao máximo os tipos de veículos de um armazém, visando a padronização dos mesmos e a facilidade operacional, porém, muitas vezes temos que adequar equipamentos distintos para atender, com maior produtividade, segurança e agilidade, às diferentes características dos fluxos de materiais. Desta forma, o pessoal deve habituar-se a utilizar diferentes equipamentos.

COMPETÊNCIA DEFINIÇÃO O QUE ABRANGE
Operar carrinhos para fins gerais Operar um veículo para fins gerais para atender às necessidades de entrega de produtos. 1. Identificar os principais componentes e características.
2. Realizar verificações pré-operacionais.
3. Demonstrar conhecimento da operação dos veículos.
4. Demonstrar conhecimento das regulamentações de tráfego.
5. Entender os procedimentos de emergência.
6. Demonstrar capacidade de operar um veículo para fins gerais.
Operar empilhadeira Operar uma empilhadeira para atender às necessidades de movimentação, localização e estocagem de produtos. 1. Identificar os principais componentes e características de uma empilhadeira.
2. Demonstrar conhecimento da capacidade, uso e limitações de uma empilhadeira.
3. Entender as causas comuns de acidentes industriais envolvendo a operação de empilhadeiras.
4. Realizar inspeção pré-operacional essencial.
5. Operar uma empilhadeira  de maneira segura e eficiente, observando técnicas de segurança.
6. Demonstrar a habilidade de operar uma empilhadeira de maneira de que resultará na emissão de um certificado de "habilidade".
Operar transpaleteira Operar uma transpaleteira para atender às exigências no transporte de produtos dentro do armazém. 1. Realizar verificações pré-operacionais.
2. Operar de maneira prescrita pelo fabricante.
3. Observar precauções de segurança.
Operar rebocador elétrico Operar rebocador para atender às necessidades de transportar carretas dentro do armazém na separação de pedidos. 1. Realizar verificações pré-operacionais.
2. Operar de maneira prescrita pelo fabricante e pela organização.
3. Observar precauções de segurança.
Conservar baterias Assegurar que os veículos operados por bateria permaneçam em condições de serviço. 1. Ler e registrar leituras de pré-carga usando o horímetro e manual de registro de serviço.
2. Carregar as baterias usando um carregador de três fases.
3. Ler e registrar após leituras de carga.
4. Remover a corrosão dos terminais e manter a bateria livre de obstruções.
5. Identificar células defeituosas.
6. Providenciar reposição de baterias defeituosas.


Reinaldo A. Moura,
Diretor da IMAM Consultoria Ltda., de São Paulo.
Tel. (0--11) 5575 1400
 
  imam@imam.com.br

Esta página é parte integrante do www.guiadelogistica.com.br .