Logística na prática: Liderança no Armazém

A logística de armazenagem, pelo fato de ser afetada, positiva ou negativamente, pelo desempenho das pessoas e, principalmente, da equipe do armazém, precisa ser desenvolvida com um conceito da liderança adequado. Portanto, a liderança no armazém interfere significativamente no desempenho da equipe em relação à sua motivação, exigências e criatividade, entre inúmeros outros fatores que diferenciam um armazém tradicional de um armazém de classe mundial.

COMPETÊNCIA DEFINIÇÃO O QUE ABRANGE 
Liderar grupos de trabalho Inspirar e orientar os outros, criando um ambiente baseado nas visões e valores compartilhados 1. Selecionar o mais adequado entre vários estilos de liderança.
2. Identificar e aplicar os conceitos de liderança.
3. Implementar estratégias de formação de equipe (team building).
4. Identificar as características de uma equipe efetiva.
5. Praticar administração de conflitos.
6. Identificar quando um estilo de resolução de conflito deve ser usado.
7. Investigar um problema de desempenho ou queixa e aplicar uma abordagem estruturada para aconselhamento e disciplina.
Controlar o progresso Usar sistemas, procedimentos e abordagem pessoal para manter e monitorar o progresso de iniciativas 1. Planejar atividades.
2. Estabelecer prioridades e programar tarefas.
3. Registrar o progresso.
4. Monitorar o progresso próprio e dos subordinados.
5. Controlar o fluxo de atividades.

6. Providenciar treinamento para manter o progresso.
7. Dar instruções que resultem em entendimento e aceitação.
Delegar autoridade Atribuir tarefas e responsabilidades para o resultado efetivo e desejado 1. Delegar com instruções apropriadas.
2. Usar habilidades de comunicação efetivas.
3. Selecionar a pessoa certa para fazer o trabalho.
4. Motivar expressando a importância da tarefa e a importância dada para a pessoa.
5. Enfatizar a importância da responsabilidade e autoridade, e não apenas das tarefas.
Autogerenciar Controlar o próprio horário e trabalho para aumentar a eficácia 1. Priorizar o tempo e a energia para máximo benefício.
2. Entender o efeito da desorganização.
3. Entender e controlar os desperdiçadores universais de tempo.
4. Usar ferramentas como diário/planejador e arquivos.
5. Estabelecer objetivos de médio/longo prazo.

6. Equilibrar estilo de vida.
Responsabilidade Atender prazos, manter promessas, ser pontual e completar tarefa atribuída 1. Cumprir programas e prazos.
2. Ser pontual e participar de trabalhos, reuniões, etc.
3. Cumprir compromissos.
4. Procurar conselho, quando necessário.
5. Administrar o processo de comunicação.
Observar detalhes Estabelecer um sistema de atenção pessoal a detalhes que aumentam o desempenho 1. Usar procedimentos completos em todos os aspectos do trabalho.
2. Identificar/retificar erros próprios/outros.
3. Lutar pela perfeição.
4. Procurar assistência para finalizar uma tarefa com precisão.
Mostrar empatia Responder às necessidades e sentimentos dos outros 1. Identificar como abordar e como compreender as idéias e os princípios dos outros.
2. Ajustar como os outros enxergam as pessoas.
3. Habilidade para identificar como o comportamento da pessoa afeta as demais pessoas.
4. Manter a eficácia quando existe o risco de ofender os outros, identificando onde a empatia começa e acaba.
Mostrar criatividade Identificar abordagens novas/diferentes para os assuntos, sendo inovador, em vez de imitador 1. Expor e conversar sobre ações que procurem melhorar os métodos.
2. Experimentar melhorias em potencial.
3. Adaptar-se à mudança das práticas de trabalho/ tecnologia.


Edson Carillo Júnior,
Diretor da IMAM Consultoria Ltda., de São Paulo.
Tel. (0--11) 5575 1400
        imam@imam.com.br 

Esta página é parte integrante do www.guiadelogistica.com.br .