Tratem bem os Motoristas!

Congestionamentos em rodovias deixam os motoristas aborrecidos. Atrasos em vôos causam diversos transtornos aos viajantes, deixando-os irritados com as companhias aéreas. Mas, e as demoras em Centros de Distribuição? As frustrações provavelmente não estourarão nas docas de carga ou descarga, mas certamente criarão ressentimentos.
Embora os gerentes ou responsáveis pelos Centros de Distribuição constantemente argumentem que os motoristas são rudes e que não cumprem com horários pré-estabelecidos, existe a contrapartida dos gerentes e seus supervisores com os motoristas, que frequentemente agem de forma semelhante. Isso apenas gera maiores esperas, falhas na comunicação e atrasos, e o maior prejudicado será o Cliente final!
Não será tão fácil resolver esses problemas. O que propomos abaixo é relativamente simples, mas ajudará você e à sua empresa a melhorar as relações com os motoristas e a garantir uma operação mais eficiente na doca. 

Insista para que os transportadores agendem suas coletas e entregas e honre-as! Isso exigirá muita persistência e planejamento. A grande maioria dos Centros de Distribuição não desfruta de docas em excesso, mas se você agendar cuidadosamente, com antecipação, as cargas e descargas e a mão-de-obra e os equipamentos, você poderá minimizar atrasos operacionais. Um Centro de Distribuição na Costa Oeste dos Estados Unidos, extremamente confiante com o sistema de agendamento de docas (dock schedule) implementado, garantia a descarga do caminhão em até 2 horas para os motoristas que chegassem com pelo menos 10 minutos de antecedência, ou o pagamento de uma penalidade ao motorista. Esse incentivo gerou quase 100% de comprometimento com os horários pré-agendados.

Seja cuidadoso ao assumir uma posição com relação à não aderência às entregas agendadas. Embora existam diversas circunstâncias para a ocorrência de atrasos, a grande maioria dos Centros de Distribuição não dispõe de recursos para o atendimento de entregas tardias. Procure não ser injusto e use o bom senso. Se o recebimento de um caminhão atrasado não causar inconvenientes à sua empresa, então autorize a descarga. Mas, se isso de alguma forma for atrapalhar o fluxo de trabalho, insista para que o motorista reprograme a sua entrega.

Implemente um sistema de engate e desengate (drop and hook system) junto às transportadoras. Principalmente junto às empresas transportadoras com as quais a sua empresa mantém um vínculo mais estreito, desenvolva um sistema do tipo drop and hook. Nesse conceito, as carretas ou reboques são desconectados, liberando o caminhão, trator ou cavalo-mecânico para outras viagens. Contando com um cavalo mecânico, os reboques poderão ser deslocados da doca para o pátio e vice-versa. Sob o ponto de vista do proprietário do ativo, a solução reduz consideravelmente o tempo empregado na operação de carga ou descarga, possibilitando também uma diminuição significativa nos custos. Com ativos de alto valor, como os cavalos-mecânicos, é necessário garantir uma alta produtividade como a alcançada nos EUA, aonde os veículos chegam a rodar até 30.000 quilômetros por mês.

Estabeleça um ponto central de contato com os motoristas e melhore a qualidade da comunicação. Quantas vezes vemos um motorista deixar a cabine do seu caminhão procurando alguém para se informar a respeito do procedimento de carga ou descarga, destino interno, horário, etc. Estabeleça um ponto junto à Portaria para que se possa rapidamente orientar o motorista para o lugar correto. Assegure que as instalações e as docas estejam corretamente identificadas e garanta também que a sinalização orientativa interna colabore na localização do destino do motorista.

Mova o tráfego dos caminhões ao redor do Centro de Distribuição no sentido anti-horário, se possível. Movimentando nesse sentido, o motorista não terá problemas para posicionar o veículo na doca, pois efetuará a manobra para estacionamento utilizando o espelho situado ao seu lado. No sentido oposto lidará com diversos pontos cegos, exigindo auxílio para a manobra. Isso significará uma economia de aproximadamente dois minutos por caminhão. Parece pouco, mas ao multiplicarmos pelo número de docas existentes e pela movimentação diária em cada doca, teremos uma redução significativa na produtividade da operação logística.

Disponibilize uma segura e confortável área de espera para os motoristas. Isso é importante por duas razões. Primeira por questões de segurança, pois dessa forma você manterá os motoristas confinados, evitando contato com pessoas externas e mal intencionadas. Segundo, tendo os motoristas sob controle, você evitará a presença deles dentro ou nos arredores dos armazéns. Recomendamos que sejam construídas áreas relativamente confortáveis, com telefones, banheiros e área para descanso. 

Se possível trate os caminhoneiros como Clientes! Os benefícios serão percebidos rapidamente!

agosto/2.005

Marco Antonio Oliveira Neves,
Diretor da Tigerlog Consultoria, Hunting e Treinamento em Logística Ltda.
marcoantonio@tigerlog.com.br

www.tigerlog.com.br 


Esta página é parte integrante do www.guiadelogistica.com.br ou www.guialog.com.br .